quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Tirando os planos do papel!

Antes de vir para Alemanha eu anotei alguns de meu planos em um caderno, os quais eu pretendo colocar em prática.
Um item desse planejamento é me tornar  independente do M (o máximo possível) e ao chegar aqui eu sabia que isso deve acontecer mais cedo ou mais tarde, eu geminiana que sou não gosto de esperar muito então eu prefiro 'mais cedo'.
Como eu disse no post anterior as férias do M terminaram e eu sem poder trabalhar passei dois dias inteiros sozinha em casa, dois dias sem fazer praticamente nada, nada além do que estudar, ver seriados e fazer os deverias diários de uma dona de casa, mas que foram o suficiente para eu determinar quando começaria a tirar os meus planos dos papel.
Ontem, um pouco antes de eu ir dormir veio uma lembrança em minha mente, lembrei de um ocorrido de quando eu estiver pela primeira vez neste país a qual a minha ex gast mutter me levou no centro de Münster, me deixando apenas com um mapa, um papel com o endereço da escola de línguas para estrangeiros (VHS), um cartão mostrando os horários do bus e me mostrou onde eu deveria pegar o bus de volta para cá.
E disse: "bom vou deixar você aqui, se vira" 
Imaginem só o medo da garota que mal falava inglês e pior ainda alemão :D 
Com essa lembrança decidi que hoje eu iria fazer a mesma coisa, então acordei, avisei ao M: "hoje eu vou para Würzburg sozinha de ônibus", ele me olhou estranho meio que duvidando e comecei a planejar o meu dia, precisei apenas de :
• os horários do bus (ida e volta)
• saber quais as linhas de bus que eu devo pegar
• endereço de onde eu queria ir
- Falkenhaus (informação para turista) lá eu peguei o mapa da cidade 
- descobrir como chegar na VHS
• um celular carregado e com gps :D
 
Anotei tudo em um papel, me arrumei e lá fui eu me aventurar sozinha, como já tinha ido algumas vezes com o Schatz então as ruas já não eram mais tão estranhas para mim (isso ajudou 3 muito).
Logo que cheguei conheci um lugar que queria muito rs o haupbahnhof (Terminal Rodoviário por assim dizer) afinal vou querer visitar meus amigos do Norte né e matar a saudades.
Bom, como de todas as mulheres olhos brilharam quando eu cheguei, atravessei a rua e vi a rua principal para fazer compras hahahaha juro eu não sabia por onde começar, então respirei fundo e pensei no que realmente era "necessário" é procurar pelo melhor preço já que euzinha aqui sou meio mão de vaca :D
Para achar o falkenhaus não foi difícil, peguei um "mapa" que o M fez para mim  e eu consegui chegar, depois de uma parada para tomar um cappuccino decidi tentar descobrir onde era Vhs, e como eu não sou muito boa com mapas tive q ligar o gps do celular que sugou toda a minha bateria, mas valeu a pena, pois eu consegui achar VHS, pena que estava fechada (férias). 
Já que a escola estava fechada, resolvi voltar e como Na ida eu só fui olhando as vitrines na volta eu fui comprando tudo o que eu vi e que queria.
Olhem só o resultado das compras de hoje :D
Claro que ainda falta um tênis, uma jaqueta e um moletom rs afinal eu deixei a maioria dos meus casacos no Brasil para não pesar tanto as minhas malas.

Voltando no tema do post passado:

Eu nunca tive um relacionamento muito longo, esse com o M está sendo o primeiro, mas eu sempre ouvi que a melhor solução para resolver qualquer coisa é o diálogo, pois bem coloquei isso em prática ontem e hoje já teve resultado  rs e espero que continue assim. 

Bom pessoas fico por aqui 

Bis bald



4 comentários:

  1. É isso aí, Mari, tem que tentar ser independente mesmo! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, so preciso agora de um emprego rs :-P

      Excluir
  2. Mari, recebi seu comentário no blog e vim responder aqui. Infelizmente a minha vida deu uma virada brusca de uma forma que jamais imaginei e por isso o meu sumiço. Mas mesmo sem comentar, sempre leio as postagens dos blogs que sigo e estou feliz pq você tem demonstrado uma atitude positiva e proativa com todas as mudanças.
    Eu estou bem, tá? E se Deus quiser tudo vai melhorar.
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que não tenha acontecido nada demais, se quiser conversar me chama inbox no face ;)

      E espero que não suma de vez

      beijos

      Excluir